Futuros radialistas conhecem o GCN

9 nov

– Turma de estudantes de Radialismo do SENAC foi uma das cinco que visitaram o Grupo Corrêa Neves nesta semana

Alunos do curso de Radialismo do "Senac" no parque gráfico do "Comércio".

Alunos de Radialismo no Parque Gráfico do "Comércio da Franca"

      Ariane Ferreira Diniz, 23, é apaixonada por rádio desde criança. Não foi por acaso que escolheu a área da comunicação para atuar. A jovem, que há 8 anos trabalha em uma rádio comunitária na cidade de Capetinga – MG, é aluna da 22º turma do curso de Radialismo do “SENAC”,que visitou o Grupo Corrêa Neves de Comunicação nesta semana e foi uma das que se surpreenderam com a forma de produção do jornal e com toda a estrutura da rádio Difusora de Franca.

       O aluno Junior Bianchi, 18, que também já é locutor, disse ter gostado bastante de conhecer o GCN. A redação integrada do jornal e da rádio foi algo novo para o rapaz.

       Durante a visita, acompanhados pelo professor Junior Campos, monitorados pela coordenadora do Jornal Escola, Lívia Inácio e pelo jornalista Leandro Vaz, os estudantes puderam tirar suas dúvidas sobre o mercado de trabalho, conhecer cada departamento do grupo e as funções que os mesmos desempenham.

       O aluno Josivaldo Rios, 20, gostou da estrutura que liga diversas partes do prédio da empresa aos estúdios da Difusora: “Achei muito interessante o fato de a Cíntia Flávia poder apresentar o sorteio do “Show de prêmios” do auditório do GCN e os locutores de lá estúdios poderem interagir com ela ao vivo.”

       Além dos futuros radialistas, o Grupo Corrêa Neves também recebeu nesta semana duas turmas do EJA (Educação de jovens e adultos) do SESI – Estação. Ao passarem pelos estúdios da Difusora, os alunos puderam participar ao vivo do programa “O fino do sertão”, com Elcio Fernandes. O processo de impressão do jornal foi o que mais impressionou as turmas. O auxiliar de impressão do Comércio, Guilherme dos Santos, pode mostrar na prática quais são os processos que envolvem a revelação de fotolitos em chapas de metal para que estas possam ser colocadas na impressora rotativa da gráfica. A maioria dos alunos disse até então não ter idéia de como o jornal era impresso.

       As professoras Eliane Fátima Tavares e Sirlei Ferreira Camargo Carvalho contaram que desenvolvem com os alunos atividades baseadas no programa educativo do SESI, que nesse semestre veio abordando os vários gêneros do discurso. ”A visita foi muito proveitosa para os estudantes, pois como o jornalismo impresso é um dos gêneros trabalhados nas aulas, eles terão até mais interesse pelo estudo.”, disse Sirlei

       Também visitaram o GCN, duas turmas de 1º ano de Ensino Fundamental da escola municipal Professora Maria Helena Teixeira, do jardim Francano.As professoras Lilian Elias Fonseca e Ângela Lopes de Freitas,relataram que já trabalham com o Comércio na sala de aula e desta forma a visita se tratou de um complemento indispensável para o projeto de leitura desenvolvido pelas mesmas.A pedagoga da Emeb,Karina Mendes Barbosa,34,disse que conhecer a forma como se faz o jornal é essencial para as crianças: ”Entender como as coisas acontecem dentro de uma redação é muito importante.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: